Anúncio HOME

Notícias

O que comer

Receitas

Viagens

Anúncio do topo interno




Com o prato peixe frito com açaí, a Chef Socorro Azevedo, da Divina Arte, mostrou para todo o Brasil como esta iguaria é consumida pelo nortista.   A chef escolheu esta combinação pra representar o Amapá e foi destaque no Festival Fartura – Comidas do Brasil, que aconteceu nos dias 4 e 5 de agosto, no Jockey Club, em São Paulo.

Durante estes dois dias, mais de 75 atrações gastronômicas de todos os estados do Brasil e do Distrito Federal levaram a diversidade da gastronomia do país a 10 mil. Foram cerca de 25 mil pratos vendidos, da macaxeira rainha à paella amazônica.

O Festival Fartura integra a Plataforma Fartura – Comidas do Brasil, que tem  o intuito de mapear personagens, produtores, cozinheiros, chefs, receitas, produtos e ingredientes – e seu caminho da origem até o prato. Na edição paulista, o evento espantou a chuva e trouxe muitos sabores ao público. No espaço Chefs e Restaurantes e Petiscos, Lanches e Doces, os chefs Flávio Trombino, com seu Porquinho do Sertão, e Caetano Sobrinho, com a Coxinha de carne seca e requeijão de raspa mostraram que em Minas Gerais se conquista mesmo pelo estômago. O Ebi Korokke do recifense André Saburó também despontou na lista dos mais vendidos, assim como o Bolovo de Cogumelos, do chef Victor Dimitrow, que cozinhou em casa.

Quem foi ao Festival Fartura para – além de comer – aprender sobre gastronomia, aproveitou o Espaço Conhecimento Senac com 14 aulas e palestras. Temas inusitados como “O Círio de Nazaré nos sabores do Pará”, “Berarubu (cabeça de boi enterrada)”, “O mundo maravilhoso dos Tucupis” foram apresentados ao público. Já no Espaço Interativo foi possível cozinhar com os chefs, que ensinaram não só pratos – como o Trio de açaí, banana e bocaiuva, da chef Magda Moraes, de Bonito (MS); mas técnicas – como a Arte de pururucar, com Márcio Santoro, chef mineiro.

Ao final dessa imersão gastronômica pelo Brasil, ainda foi possível levar produtos pra casa. No espaço Produtos e Produtores, o Flor Gourmet encantou quem passou por seu estande, com biscoitos em mandalas e apresentou um canudinho comestível, opção para quem quer evitar o plástico. Castanhas acreanas, linguiças artesanais e farinhas paulistas, geleias e feijões paraenses também marcaram presença.

Todas as atrações gastronômicas do evento foram pesquisadas por meio da Expedição Fartura – Comidas do Brasil, que já percorreu todos os Estados brasileiros, mais o Distrito Federal. Foram mais de 70 mil quilômetros, visitando mais de 200 cidades e entrevistando mais de 500 personagens da culinária do país, coletando informações sobre chefs, produtores, produtos, ingredientes, mercados e receitas.


(Com informações da Doizum Comunicação)




A líder - Jornalista, ariana e apaixonada por doces.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncio do rodapé interno

| Designed by Camila Ramos